Artigos 1 maio 2011

Banana. Como Fazer Controle Biológico De Nematoide Na Cultura Da Banana.


Veja como fazer controle biologico na cultura da banana. Paecilomyces no controle de nematoide na banana. Controle biologico de nematoide.

Os danos causados pelos nematóides na cultura da banana podem ser muito severos levando o bananal à inviabilidade econômica. Os nematóides penetram e/ou sugam as raízes da bananeira, dependendo da particularidade de cada um. Quando a infestação é muito alta a planta fica com um número muito reduzido de raízes e começa a definhar por desnutrição podendo ocorrer morte de plantas. Ocorre tombamento de plantas, a produtividade cai drasticamente. O controle de nematóides deve começar mesmo antes do plantio da banana. Escolher áreas que não tenha histórico de ocorrência de nematóide é uma boa medida. Caso isto não seja possível é necessário fazer um manejo do solo para reduzir a população de nematóide. Várias técnicas podem ser usadas, como plantio de culturas não suscetíveis ao nematóide (crotalárias, braquiárias e outras), enterrio superficial de restos culturais da cultura do milho, pousio, etc. Um ponto fundamental é a utilização de mudas livres de pragas, já que o nematóide tem pouca mobilidade, mas é facilmente transmitido através de mudas de banana. O uso de mudas de banana produzidas em laboratório é o ideal. Vários laboratórios disponibilizam mudas de banana para comercialização, basta o produtor selecionar uma empresa de idoneidade comprovada. Uma vez que o nematóide esteja instalado na lavoura de banana e causando dano econômico, é necessário fazer o controle da praga para garantir a produtividade e longevidade da lavoura de banana. Até pouco tempo atrás havia apenas a possibilidade do controle do nematóide com o uso de defensivos agrícolas (agrotóxicos). Os nematicidas químicos têm boa capacidade de controle do nematóide, porém, apresentam várias particularidades e inconvenientes. São produtos da classe toxicológica I, ou seja, extremamente tóxicos, o que traz uma série de complicações, seja no manuseio do produto pelo trabalhador rural, pela necessidade de equipamento próprio de aplicação, pela contaminação do meio ambiente, pelo risco de contaminação do consumidor (caso não seja respeitado as regras corretas de utilização) e pelo longo período de carência que na maioria dos caso é de 90 dias. Carência é o tempo que é necessário esperar entre a aplicação do produto e a colheita da banana, para não contaminar o consumidor da fruta. Outro grande inconveniente dos nematicidas químicos é o fato de a população de nematóides da cultura da banana tende a voltar aos níveis anteriores quando o efeito do nematicida passa, exigindo novas aplicações no futuro. Apesar desses inconveniente, os nematicidas químicos apresentam uma grande arma no controle de nematóides na cultura da banana e em situações específicas ainda poderão ser utilizados, contudo, obrigatoriamente sob orientação de um engenheiro agrônomo. Felizmente agora os produtores de banana podem contar com nematicidas biológicos para o controle do nematóide, como o Paecilomyces lilacinus e outros que estão a caminho. O Paecilomyces é um fungo selecionado e desenvolvido pela Bióloga. Dra. Aida Terezinha Santos Matsumura e sua equipe. A Dra. Aida é mundialmente reconhecida pelo trabalho com controle biológico. Ao longo de mais de 30 anos de carreira a Dra. Ainda vem estudando e formando profissionais mestres e doutores em controle biológico. O fungo Paecilomyces lilacinus é um fungo saprófita habitante do solo. Este fungo tem a capacidade de parasitar ovos de fitonematóides. O controle se dá pela penetração do micélio na matriz de ovos de fêmeas adultas, além dos filtrados deste fungo possuir efeito tóxico sobre adultos de alguns gêneros¹. O Paecilomyces tem se mostrado eficaz no controle de nematóides na cultura da banana nas áreas aonde vem sendo aplicado. Apresenta uma série de vantagens em relação ao controle químico, a começar pela não toxidez do produto, estando livre de todos os inconvenientes como risco de intoxicação de trabalhadores, contaminação do meio ambiente e do consumidor. Não causa desequilíbrio biológico, etc. O Paecilomyces é muito fácil de ser aplicado, não necessitando de equipamentos exclusivos. Pode ser aplicado via água de irrigação, o que praticamente torna zero o custo de aplicação sem contar a praticidade e rapidez desta operação. Através da água da irrigação a distribuição do produto é praticamente perfeita, aumentando a eficácia do Paecilomyces. Em Lavouras de banana de sequeiro o Paecilomyces pode ser aplicado diluído em água com uso de uma bomba costal ou mesmo pelo pulverizador acoplado ao trator, quando for possível. A ação inicial do Paecilomyces sobre os nematóides no bananal é mais lenta que a ação dos nematicidas químicos, ela é gradual, porém, o resultado final é superior e duradouro, pois, o Paecilomyces se estabelece no solo e continua agindo sobre os nematóides por longos períodos ao contrario dos químicos. Contudo, novas aplicações de Paecilomyces poderão ser necessárias até reduzir a população de nematóides abaixo do nível de dano econômico. A orientação de um engenheiro agrônomo especializado na cultura da banana é fundamental para avaliar a infestação no nematóide no bananal. O custo do Paecilomyces é compatível com a cultura da banana e a tendência é de baratear pelo ganho de escala, à medida que seu uso for aumentando. Outros nematicidas biológicos estão a caminho, o que vai contribuir para reduzir o uso de agrotóxicos na cultura da banana.

¹ Site ICB Bioagritec

Obs. Este artigo pode ser reproduzido, desde que citado a fonte.



Tags

Deixe uma resposta